Nas tradições cristãs, e Liturgia significa que o Povo de Deus participa na "ação de Deus". O cerne das celebrações litúrgicas é a Santa Eucaristia; a ela estão ordenadas as restantes, como a celebração dos outros sacramentos.
Liturgia (gr. leiturgia = ação pública, serviço, obra do povo e para o povo)

Orações

Terços

Divina Misericórdia

Escreve que, quando recitarem esse Terço junto aos agonizantes, Eu Me colocarei entre o Pai e a alma agonizante não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso" (Diário, 1541).

(O DIÁRIO de santa Irmã Faustina) Vilna, Lituânia "Na sexta-feira 13/09/1935.
A noite, quando me encontrava na minha cela, vi o Anjo executor da ira de Deus.
Estava vestido de branco, o rosto radiante e una nuven a seus pés. Da nuvem saíam trovoes e relâmpagos para as suas maos e delas só entao atingiam a Terra. Quando
vi esse sinal da ira de Deus, que deveria atingir a Terra, e especialmente um determinado lugar que não posso mencionar por motivos bem compreensíveis, comecei a pedir ao Anjo que se detivesse por alguns momentos, pois o mundo faria penitência. Mas o meu pedido de nada valeu perante a Cólera de Deus.
(...) Porém, nesse mesmo momento senti em mim a força da graça de Jesus que reside na minha alma; e, quando me veio a consciência dessa graça, imediatamente fui arrebatada até o Trono de Deus.
(...) Comecei, então, suplicar a Deus pelo Mundo com palavras ouvidas interiormente.
Quando assim rezava, vi a impossibilidade do Anjo em poder executar aquele justo castigo, merecido por causa dos pecados. Nunca tinha rezado com tanta forca interior como naquela ocasião. As palavras com que suplicava a Deus eram as seguintes:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro;
Pela Sua dolorosa Paixao, tende misericórdia de nós.
No dia seguinte pela manhã, quando entrei na nossa capela, ouvi interiormente estas palavras: Toda vez que entrares na capela, reza logo essa oração que te ensinei ontem. Quando rezei essa oração, ouvi na alma estas palavras: Essa oração serve para aplacar a Minha ira. Tu a recitarás por nove dias, por meio do Terço do Rosário da seguinte maneira:

Terço:
Primeiro dirás o PAI NOSSO, a AVE MARIA e o CREDO.
Depois, nas contas de PAI NOSSO, dirás as seguintes palavras:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.
Nas contas de AVE MARIA rezarás as seguintes palavras:
Pela Sua dolorosa Paixao, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.
No fim, rezarás três vezes estas palavras:
"Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro" (Diario, 474- 476).


"Oh! que grandes graças concederei às almas que recitarem  esse Terço.
(...) Anota estas palavras, Minha filha, fala ao mundo da Minha misericórdia, que toda a humanidade conheça a Minha insondável misericórdia. Este é o sinal para os últimos tempos; depois dele virá o dia da justiça. Enquanto é tempo, recorram à fonte da Minha misericórdia, tirem proveito do Sangue e da Àgua que jorraram para eles" (Diário, 848).

"Recita, sem cessar, este Terço que te ensinei. Todo aquele que o recitar alcançará grande misericórdia na hora da sua morte. Os sacerdotes o recomendarão aos pecadores como a última tábua de salvação. Ainda que o pecador seja o mais endurecido, se recitar este Terço uma só vez, alcançará a graça da Minha infinita misericórdia" (Diário, 687).
Imaculada Conceição

Oferecimento:

Oh! Maria, em vossas mãos ponho esta súplica (...).
Abençoai-a e apresentai-a a Jesus.
Fazei valer Vosso amor de Mãe e Vosso poder de rainha.
Oh! Maria, eu conto com Vosso auxílio; confio em Vosso poder; estou seguro de Vossa misericórdia.
Oh! Mãe de Deus e minha Mãe, rogai por mim.
Glória ao Pai... Creio...
Na Cruz:

Salve, Cruz verdadeira, santificada por Jesus Cristo que em ti morreu para nos salvar.
Oh! sagrado lenho florido de milagres, cujos braços sempre abertos simbolizam a infinita misericórdia do Redentor, sede minha salvação!
Oh! minha Santíssima Virgem, vós que fostes Santa e que, pelo Arcanjo São Gabriel, fostes avisada de seríeis Mãe, permiti que, se houver alguma sentença má contra mim, seja ela transformada em bem pela Sacratíssima Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Nas contas grandes:

Oh! Virgem da Conceição, vós sois minha consolação; consolai minha alma e meu triste coração; dai-me nesta vida a graça e na outra a salvação.
Oh! Virgem da Conceição, Vós dissestes que valeríeis quem por Vosso Nome chamasse 150 vezes por dia; valei-me, pois, que chegou a ocasião.
Nas contas pequenas:

Virgem da Conceição, valei-me! Virgem da Conceição, socorrei-me!
Virgem da Conceição, consolai-me!
Oração final:

Salve Rainha.
Libertação

O terço da libertação se compõe em rezar cinco mistérios suplicando a libertação. Contemplando nas dezenas do terço comum os mistérios do terço da cruzada contra o demônio e seu reino, como arma contra poderes infernais.

Oração de Efusão do Espírito Santo (Vinde Espírito Santo...)

Creio, Pai Nosso, Três Ave- Marias

1ª Dezena:
Contemplamos como Jesus nos deu um exemplo na luta brilhante contra satanás e seu reino.

2ª Dezena:
Contemplamos como Jesus venceu a morte e o inferno pela sua Paixão e morte na cruz.

3ª Dezena:
Contemplamos a Cruz de Cristo que se tornou um sinal de terror para satanás.

4ª Dezena:
Contemplamos como Jesus deu à Virgem Maria a força de esmagar a cabeça da serpente infernal.

5ª Dezena:
Contemplamos como Jesus deu à Virgem Maria o poder sobre satanás por todos os tempos.

Reza-se no lugar do Pai Nosso o Magnificat (Lc, 1, 46-55)

Reza-se no lugar da Ave Maria:
Ave Maria, Virgem poderosa, Imaculada Conceição, Rainha das Vitórias, que as vossas lágrimas de sangue destruam as forças do inferno. Assim Seja.

Reza-se no lugar do Glória:
A cruz sagrada seja a minha luz, não seja o dragão meu guia, retira-te satanás, nunca me aconselhas coisas vãs, é mal o que tu me ofereces, bebe tu mesmo o teu veneno.

Salve Rainha

Levanta-se Deus intercedendo a Bem-Aventurada Virgem Maria. Seu esposo São José, São Miguel Arcanjo e toda a milícia celeste e sejam dispersos seus inimigos e fujam de sua face todos os que os odeiam. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Nossa Senhora da Assunção

Oferecimento:
Oh! Maria, Mãe querida e Nossa Senhora da Assunção, nós vos oferecemos este terço por nossa comunidade e nossa família, pedindo a Vossa proteção.
Esperamos que, ao meditarmos estes mistérios, nosso coração seja abrasado de amor por Teu Filho Jesus, nosso irmão, com o Pai, na unidade do Espírito Santo. Amém!
Creio... Pai-Nosso...Três Ave-Marias e continua-se como se segue:
Primeiro mistério:

Pai-Nosso e repetir três vezes o mistério abaixo:
Para que sejamos como os primeiros cristãos, Igreja viva, enche-nos de Teu amor capaz de ser ?obediente até à morte de cruz?.
Nós vos pedimos, Senhor!
Três Ave-Marias em honra às três Pessoas da Santíssima Trindade e um Glória.
Segundo mistério:

Pai-Nosso e repetir três vezes o mistério abaixo:
Para que tenhamos mais humildade ao partilhar os dons que recebemos de Deus, fazei-nos aprender de Ti que sois ?manso e humilde de coração?.
Nós vos pedimos, Senhor!
Três Ave-Marias em honra às três Pessoas da Santíssima Trindade e um Glória.
Terceiro mistério:

Pai-Nosso e repetir três vezes o mistério abaixo:
Para que não nos falte a esperança de sermos uma comunidade mais orante, nem a caridade para com os irmãos, fortalece-nos na fé.
Nós vos pedimos, Senhor!
Três Ave-Marias em honra às três Pessoas da Santíssima Trindade e um Glória.
Quarto mistério:

Pai-Nosso e repetir três vezes o mistério abaixo:
Para que tenhamos mais paciência com os irmãos que têm opiniões diferentes das nossas e aceitemos que nem sempre temos razão, ensina-nos a ser como Tu, que não vieste ?para ser servido, mas para servir?.
Nós vos pedimos, Senhor!
Três Ave-Marias em honra às três Pessoas da Santíssima Trindade e um Glória.
Quinto mistério:

Pai-Nosso e repetir três vezes o mistério abaixo:
Para que possamos manter a alegria em meio às tribulações que possam atingir nossa comunidade, ensina-nos a viver na unidade, como Tu e o Pai que ?são um?.
Nós vos pedimos, Senhor!
Três Ave-Marias em honra às três Pessoas da Santíssima Trindade e um Glória.

Agradecimento:
Nós Te agradecemos, Nossa Senhora da Assunção, Rainha do céu e da nossa comunidade.
Confiamos em Teu amor de Mãe que tudo providencia para seus filhos e na Tua intercessão por esta Paróquia, seu Sacerdote, os leigos engajados nas diversas Pastorais e Movimentos e em todos aqueles que aqui vêm buscar consolo ou agradecer as maravilhosas bênçãos de Deus.
Ensina-nos também a orar para que Deus estenda Sua misericórdia aos que professam fé diferente da nossa e pelos que não crêem em Teu Filho como Senhor e Salvador.
?Derrama Tuas graças, Senhora; faz mais forte esta gente que Te ergue as mãos e guarda, no Teu seio materno cada um de Teus filhos? que agora Te saúdam.
Salve Rainha...
Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento

Início: Sinal da Cruz.
Contas Grandes


Lembrai-vos, oh! puríssima Virgem Maria, que jamais se ouviu dizer que alguém que tivesse recorrido à vossa proteção, implorado vossa assistência e reclamado vosso socorro, fosse por vós desamparado.
Animado, pois, com igual confiança em vós, oh! Virgem entre todas singular, como à Mãe recorro, de vós me valho, oh! Medianeira de todas as graças, e, gemendo sob o peso de meus pecados, prostro-me a vossos pés.
Não desprezeis as minhas súplicas, oh! Mãe do Filho de Deus feito homem, mas dignai-vos de as ouvir propícia e de me alcançar o que vos rogo. Amém.
Contas pequenas:

Santa Maria, Mãe de Deus, Medianeira de todas as graças, valei-nos.
Confiamos em vós!
Em lugar do Glória:


Louvor, amor, reparação, ação de graças ao Divino Pai que nos criou, ao Divino Filho que nos remiu, ao Divino Espírito Santo que nos santificou e à Santíssima Virgem Maria, Medianeira de todas as graças, que nos arrancou das garras de satanás e nos entregou a Jesus.
Em lugar da Salve Rainha:

Oh! Maria, Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento, Co-redentora, Medianeira e Advogada nossa, por vossa Imaculada Conceição e Gloriosa Assunção, curai nossos doentes, remediai nossos males, olhai nossas necessidades, salvai os pobres pecadores, confortai os moribundos, livrai as almas do Purgatório.
Dai-nos muitas e santas vocações sacerdotais e religiosas. Amém.
Oração:

Sob a vossa proteção nos refugiamos Santa Mãe de Deus, não desprezeis as súplicas que em nossas necessidades vos dirigimos, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, oh! Virgem gloriosa e bendita.
Bendita seja a Santa e Imaculada Conceição da Bem-aventurada sempre Virgem Maria, Mãe de Deus.
Nossa Senhora Mãe de Jesus

Na cruz: rezar o Credo
Na primeira conta grande: rezar o Pai Nosso
Nas três contas pequenas: rezar uma Ave Maria para cada continha
Na próxima conta grande: rezar o Glória ao Pai

Pular o santinho (que será rezado por último) e nas 10 contas pequenas rezar assim:

Maria, valei-me!

Nas contas grandes, rezar:

Aflita se viu Maria, aflita aos pés da cruz. Aflito(a) me vejo, Maria. Valei-me, mãe de Jesus!

Ao final do terço (no Santinho), rezar uma Salve Rainha
Providência

Início:
Credo.

Nas contas grandes:
Mãe da Divina Providência: Providenciai!

Nas contas pequenas:
Deus provê, Deus proverá, Sua misericórdia não faltará!

Oração final:
Vinde, Maria, chegou o momento. Valei-nos agora e em todo tormento. Mãe da Providêcia, prestai-nos auxílio no sofrimento da terra e no exílio. Mostrai que sois Mãe de Amor e de Bondade, agora que é grande a necessidade. Amém.
Santa Maria, passa na frente

No Início: Creio

Nas contas do Pai Nosso: - Santa Maria passa na frente, desta difícil situação, dai-nos vitória, ó Mãe querida, dai-nos Senhora a libertação.
- Com São Miguel, Quem como Deus passa na frente Nossa Senhora. Com o seu manto vem nos cobrir Santa Maria, vem sem demora!

Nas contas da Ave Maria: Santa Maria, passa na frente! (10x)

No final: Reza-se a Salve-Maria!
Santas Chagas de Cristo

JESUS à Irmã Maria Marta de Chambon

O Senhor, ao manifestar-Se à Irmã Maria Marta Chambon, do Mosteiro da Visitação de Santa Maria Chambery, falecida em odor de santidade em 21 de Março de 1909 , encarregou-a de invocar constantemente as Suas Chagas e de avivar esta devoção no mundo.
Para este fim, revelou-lhe com palavras vivas os tesouros que encerram essas feridas abertas na Sua Carne imaculada.
?O meu Pai compraz-Se na oferta das minhas Sagradas Chagas. Oferecer as minhas Chagas ao Pai Eterno é oferecer-Lhe a Sua Glória, é oferecer o Céu ao Céu.


As minhas Santas Chagas sustêm o mundo.
Concederei tudo o que Me pedirem pela invocação às Santas Chagas.
Obtereis tudo, porque é o mérito do meu Sangue, que é de um preço infinito.
As minhas Chagas repararão as vossas.
Das minhas Chagas saem frutos de Santidade.
Quando tendes algum desgosto, algum sofrimento, deveis colocá-lo logo nas minhas Chagas.?

Iniciando o Terço:

Deus, vinde em nosso auxílio.
Senhor, socorrei-nos e salvai-nos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, amém!

Oração inicial:

- Ó Jesus, Divino Redentor, sede misericordioso para conosco e para com o mundo inteiro. Amem.
- Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro. Amem.
- Graça e misericórdia, meu Jesus, durante os perigos presentes. Cobri-nos com o Vosso Sangue Precioso. Amem.
- Pai Eterno, misericórdia, pelo Sangue de Jesus Cristo, Vosso Único Filho: Tende misericórdia de nós, nós Vo-lo suplicamos. Amém!

Nas contas grandes:

? Pai Eterno, eu Vos ofereço as Chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo, para curar as Chagas das nossas almas.

Nas contas pequenas:

- Meu Jesus, perdão e misericórdia pelos méritos das Vossas Santas Chagas

Finalizando o Terço

Pai Eterno, eu Vos ofereço as Chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo, para curar as chagas das nossas almas.
Pai Eterno, eu Vos ofereço as Chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo, para curar as chagas das nossas almas.
Pai Eterno, eu Vos ofereço as Chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo, para curar as chagas das nossas almas.
Santo Terço - Rosário



Oferecimento do Terço (antes do início do Terço):

Divino Jesus, nós vos oferecemos este terço que vamos rezar, contemplando os mistérios da nossa Redenção.
Concedei-nos pela intercessão de Maria, vossa Mãe Santíssima, a quem nos dirigimos, as virtudes para bem rezá-lo e a graça de ganharmos as indulgências desta santa devoção.
Oferecemos particularmente... (aqui se colocam as intenções)

Oração do Credo (na pequena Cruz)
Oração do Pai-Nosso (todas as bolinhas maiores)
Oração da Ave-Maria (todas as dezenas - bolinhas menores)
Glória ao Pai (ao final de cada dezena)
Jaculatória (após os Glória ao Pai):
Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu e socorrei principalmente as que mais precisarem.

Agradecimento (última oração ao final do terço):
Infinitas graças vos damos, Soberana Rainha, pelos benefícios que todos os dias recebemos de vossas mãos liberais.
Dignai-vos, agora e para sempre tomar-nos debaixo do vosso poderoso amparo e para mais vos obrigar, vos saudamos com uma Salve Rainha.

Oração da Salve Rainha
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida doçura esperança nossa, salve!
A vós bradamos, os degredados filhos de Eva. A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois, advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro mostrai-nos Jesus,
bendito fruto do vosso ventre,
ó clemente, ó piedosa, ó doce e Santa Virgem Maria.
V. Rogai por nós Santa mãe de Deus.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém!
O Santo Rosário
Quatro Terços formam um Rosário. A oração do Santo Rosário contempla a vida de Nosso Senhor Jesus Cristo, por meio da companhia de sua mãe Santíssima.
Mistérios Gozosos + Mistérios Luminosos + Mistérios Dolorosos + Mistérios Gloriosos = 1 ROSÁRIO
Até aqui já sabemos como rezar o terço básico, bem como o Rosário, já que este é formado pela reza de quatro terços completos. Cada terço está subdividido em cinco mistérios. Por exemplo, no terço dos Mistérios Gozosos, rezaremos 5 (cinco) dezenas do terço, onde contemplaremos, em cada dezena, uma fase da Salvação trazida a nós por Jesus Cristo. Veja como divide-se a contemplação de cada um dos quatro terços que formam o Rosário:
     Mistérios Gozosos
    (Reza-se às segundas e sábados)

    1. No Primeiro Mistério contemplamos a anunciação do arcanjo São Gabriel à nossa Senhora.
    2. No Segundo Mistério contemplamos a visita de Nossa Senhora à sua Prima Santa Isabel.
    3. No Terceiro Mistério contemplamos o Nascimento de Jesus em Belém.
    4. No Quarto Mistério contemplamos a apresentação do Menino Jesus no Templo.
    5. No Quinto Mistério contemplamos o encontro de Jesus no Templo com os Doutores da Lei.
    Mistérios Dolorosos
    (Reza-se às terças e sextas-feiras)

    1. No Primeiro Mistério contemplamos a Agonia de Jesus no Horto das Oliveiras.
    2. No Segundo Mistério contemplamos a Flagelação de Jesus atado à Coluna.
    3. No Terceiro Mistério contemplamos a Coroação de Espinhos de Jesus.
    4. No Quarto Mistério contemplamos a subida dolorosa ao Calvário.
    5. No Quinto Mistério contemplamos a Morte de Jesus.
    Mistérios Gloriosos
    (Reza-se às quartas e domingos)

    1. No Primeiro Mistério contemplamos a Ressureição de Nosso Senhor Jesus Cristo.
    2. No Segundo Mistério contemplamos a Ascenção Admirável de Jesus Cristo ao Céu.
    3. No Terceiro Mistério contemplamos a Vinda do Espírito Santo.
    4. No Quarto Mistério contemplamos a Assunção de Nossa Senhora ao Céu.
    5. No Quinto Mistério contemplamos a Coroação de Nossa Senhora do Céu.
    Mistérios da Luz (Luminosos)
    (Reza-se às quintas-feiras)

    1. No Primeiro Mistério contemplamos o Batismo de Jesus, feito por João Batista, no Rio Jordão.
    2. No Segundo Mistério contemplamos Jesus, nas bodas de Caná, transformando a água em vinho a pedido de Maria.
    3. No Terceiro Mistério contemplamos Jesus anunciando o Advento do reino e o convite à conversão.
    4. No Quarto Mistério contemplamos a Transfiguração de Jesus no Monte Tabor.
    5. No Quinto Mistério contemplamos a Instituição da Eucaristia, onde Jesus faz alimento com seu corpo e seu sangue.
São Miguel Arcanjo

Reza-se na medalha o início
V. Deus, vinde em nosso auxílio

R. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos.

Glória ao Pai...

Primeira Saudação

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Serafins, para que o Senhor Jesus nos torne dignos de sermos abrasados de uma perfeita caridade.
Amém.
Glória ao Pai... Pai Nosso...
Três Ave-Marias... ao primeiro coro de Anjos

Segunda Saudação

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Querubins, para que o Senhor Jesus nos conceda a graça de fugirmos do pecado e procurarmos a perfeição cristã.
Amém.
Glória ao Pai... Pai Nosso...
Três Ave-Marias... ao segundo coro de Anjos

Terceira Saudação
Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Tronos, para que Deus derrame em nossos corações o espírito de verdadeira e sincera humildade.
Amém.
Glória ao Pai... Pai Nosso...
Três Ave-Marias... ao terceiro coro de Anjos

Quarta Saudação

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste das Dominações, para que o Senhor nos conceda a graça de dominar nossos sentidos, e de nos corrigir das nossas más paixões.
Amém.
Glória ao Pai... Pai Nosso...
Três Ave-Marias... ao quarto coro de Anjos

Quinta Saudação

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste das Potestades, para que o Senhor Jesus se digne de proteger nossas almas contra as ciladas e as tentações de Satanás e dos demônios.
Amém.
Glória ao Pai... Pai Nosso...
Três Ave-Marias... ao quinto coro de Anjos

Sexta Saudação

Pela intercessão de São Miguel e do coro admirável das Virtudes, para que o Senhor não nos deixe cair em tentação, mas que nos livre de todo o mal.
Amém.
Glória ao Pai... Pai Nosso...
Três Ave-Marias... ao sexto coro de Anjos

Sétima Saudação

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Principados, para que o Senhor encha nossas almas do espírito de uma verdadeira e sincera obediência.
Amém.
Glória ao Pai... Pai Nosso...
Três Ave-Marias... ao sétimo coro de Anjos

Oitava Saudação

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Arcanjos, para que o Senhor nos conceda o dom da perseverança na fé e nas boas obras, a fim de que possamos chegar a possuir a glória do Paraíso.
Amém.
Glória ao Pai... Pai Nosso...
Três Ave-Marias... ao oitavo coro de Anjos

Nona Saudação

Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste de todos os Anjos, para que sejamos guardados por eles nesta vida mortal, para sermos conduzidos por eles à glória eterna do Céu.
Amém. Glória ao Pai... Pai Nosso...
Três Ave-Marias... ao nono coro de Anjos


Ao final, reza-se:

Um Pai Nosso em honra de São Miguel Arcanjo.
Um Pai Nosso em honra de São Gabriel.
Um Pai Nosso em honra de São Rafael.
Um Pai Nosso em honra de nosso Anjo da Guarda.

Antífona:
Gloriosíssimo São Miguel, chefe e príncipe dos exércitos celestes, fiel guardião das almas, vencedor dos espíritos rebeldes, amado da casa de Deus, nosso admirável guia depois de Cristo; vós, cuja excelência e virtudes são eminentíssimas, dignai-vos livrar-nos de todos os males, nós todos que recorremos a vós com confiança, e fazei pela vossa incomparável proteção, que adiantemos cada dia mais na fidelidade em servir a Deus.
Amém.

V. Rogai por nós, ó bem-aventurado São Miguel, príncipe da Igreja de Cristo.
R. Para que sejamos dignos de suas promessas.

Oração
Deus, todo poderoso e eterno, que por um prodígio de bondade e misericórdia para a salvação dos homens, escolhestes para príncipe de Vossa Igreja o gloriosíssimo Arcanjo São Miguel, tornai-nos dignos, nós vo-lo pedimos, de sermos preservados de todos os nossos inimigos, a fim de que na hora da nossa morte nenhum deles nos possa inquietar, mas que nos seja dado de sermos introduzidos por ele na presença da Vossa poderosa e augusta Majestade, pelos merecimentos de Jesus Cristo, Nosso Senhor.
Amém.
São Padre Pio

Na Cruz: Credo.

Nas contas do Pai Nosso: - Ó Santo Padre Pio, em vida nunca deixastes dos aflitos socorrer. Preciso do vosso auxílio vinde depressa me valer.

Nas contas da Ave Maria: - Ó Santo Padre Pio, vinde depressa me valer.

No Final: Reza-se a Salve Rainha!