Ninguém penetrou tanto a profundidade do Mistério de Cristo como a Virgem Maria
Beata Elizabete da Trindade